Unhas de recém-nascida viralizam na web e levantam polêmica

Os cuidados com as unhas para muitas mulheres são habituais. Muitas delas as usam pintadas, com desenhos, joias ou outros adereços. O investimento não é barato, mas a vaidade vale a pena. Outra questão que se deve levantar é a praticidade das unhas, mantê-las sem pontas pode ajudar nas atividades diárias e até mesmo em não ter acidentes como arranhões.

Além destas questões mais práticas, discute-se ainda hoje qual o melhor momento para que crianças, em geral meninas, passem a ter suas unhas estilizadas. Recentemente, este debate foi retomado. 

Voltou a viralizar na web as imagens de um bebê com as unhas grandes e feitas. Em forma de stiletto, que é o estilo pontudo e grande, a filha de uma influencer ganhou mais uma vez destaque.

Uma norte-americana publicou uma sequência de fotos da filha recém-nascida com as mãos manicuradas. As imagens viralizaram pela primeira vez no incio do ano, mas agora voltaram a ganhar holofotes.

“Eu posso fazer as unhas do seu bebê”, publicou a mulher no Twitter e Facebook. “Mensagem no direct para informações. Tarifas baratas.” Não demorou para as fotos viralizarem e a mãe ser detonada nas redes sociais.

“Isso é altamente perigoso. Os bebês muitas vezes se cutucam nos olhos ou no rosto e, mesmo sem unhas, deixam marcas de arranhões. Isso é totalmente estúpido e só vai prejudicar ainda mais o bebê.”, escreveu um seguidor. “Uma coceira no olho pode resultar em cegueira permanente”, acrescentou outro.

Outros seguidores não acreditaram no que estavam vendo e questionaram se a foto não teria sido editada por aplicativo. com DOL

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar