Streamers de Free Fire são banidos do jogo após chamar Youtuber trans de ‘ruiva de três pernas’

Pedro “Buxexa”, streamer de Free Fire com cerca de 1,9 milhão de inscritos, foi demitido do time Fluxo na tarde deste domingo (20/06) por conta de um comentário transfóbico realizado pelo influenciador durante uma de suas transmissões, no último sábado (19/06). O comentário envolvia a influenciadora Marcella Pantaleão, que denunciou o ocorrido nas redes sociais.

Na ocasião, Buxexa debochou de Bruno “Nobru” Goes por ele ter curtido e comentado uma foto de Marcella no Instagram. “O Nobru comentou a foto da ruiva lá, botando coraçãozinho no olho, quando fui ver era uma ruiva de três pernas. Ave Maria“, disse Pedro “Buxexa”. “Eu vi (risos). Minha mulher me mostrou e disse ‘Nobru comentou nesta foto aqui, mas essa mulher é um homem, ele não sabe não?’”, completou Racha, outro influenciador de Free Fire que também participada da live. Apesar de não ter sido nomeada, Marcella denunciou as falas em seu Instagram e lamentou o que foi dito pelo streamer.

Mais tarde, Buxexa usou as redes sociais para pedir desculpas a influenciadora. No texto, ele diz que se tratava de uma “brincadeira sem intenção de ser transfóbico” e que apenas tenta levar alegria para suas lives. Por conta de toda polêmica, em comunicado, o Fluxo, o qual Buxexa era integrante, disse não compactuar com tais atitudes e que estava desligando o jogador do seu time oficial.

Garena, desenvolvedora do Free Fire, também se pronunciou contra as atitudes de Buxexa e Racha e anunciou que excluiu a conta dos dois e que eles não fazem mais parte dos streamers da BOOYAH! e do programa de influenciadores da plataforma. “A Garena não tolera atos de racismo, preconceito, assédio e manifestações de ódio, e espera que streamers, espectadores e jogadores mantenham um bom comportamento dentro e fora dos jogos e transmissões“, afirmam em comunicado.

com https://pheeno.com.br/

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar