Presos por mega-assalto em Araçatuba são soltos por decisão da Justiça

Pelo menos três pessoas presas suspeitas de participação no mega-assalto à bancos de Araçatuba foram soltos. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça, que confirmou a soltura do suspeito de financia o assalto, a esposa dele e um jovem suspeito de participação no crime.

Paulo César Gabrir, de 33 anos, é apontado como financiador do crime; a esposa dele, Michele Maria da Silva, de 40 anos, também é suspeita de participar no planejamento do crime. Já o jovem Henrique Dias, 25 anos, também é suspeito e também foi solto.

Segundo informações do Tribunal de Justiça, apesar da prisão em flagrante, não existem provas de que os três estivessem envolvidos no caso de Araçatuba. Por conta disso, a decisão da audiência de custódia foi pela libertação.

Não ficou claro, após decisão da Justiça, se os três continuam sendo investigados no âmbito da operação que investiga o mega-assalto. O TJ destaca que os três foram identificados pela polícia após denuncia anônima e que essa seria a única evidência contra eles.

MEGA-ASSALTO

Araçatuba foi palco de um dos assaltos mais assustadores no Brasil nos últimos anos. A cidade viu uma noite de terror quando três bancos foram assaltados, com direito a reféns, explosão de bombas e incêndios.

A polícia acredita que pelo menos 20 criminosos fizeram parte do ataque, que resultou em três mortes e 5 feridos em estado grave. O caso continua sendo investigado pela polícia agora. com https://minutoinfo.com

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar