Paciente que comemorou aniversário dentro do hospital morre de Covid; festa é investigada

No início do mês, enfermeiros e profissionais da saúde se realizaram uma festa de aniversário para um paciente estava internado com COVID em um pronto atendimento, em Mossoró no estado do Ceará.

Nesse modo, pelo fato das pessoas terem registrado a festividade, as fotos espalharam e geraram uma onda de repercussão negativa nas redes sociais.

Todavia, o aniversário voltou a ser comentado após o paciente falecer por não resistir as consequências da doença, no último domingo, 27. Ainda assim marcaram Presença no aniversário além da equipe médica, pessoas que trabalhavam na UPA.

Além disso, o fator mais criticado se deu após uma mulher retirar a máscara de oxigênio para que o mesmo pudesse assopra as velhinhas, fazendo com que pessoas que estavam no local se tornassem vulneráveis a contaminação do vírus.

Dessa forma, assessoria de imprensa da secretaria de saúde Mossoró confirmou a morte do paciente. Vale ressaltar que o paciente após a comemoração do aniversário foi transferido da UPA para o hospital São Luiz.

Em suma, como já foi dito anteriormente, a comemoração gerou uma onda de revolta e comentários negativos nas redes sociais, visto que pessoas da área da saúde estavam sendo coniventes com um erro que há possibilidade de ter piorado o quadro daquele paciente.

“Gente é triste? É! Mas não é de surpreender, eles assopraram uma vela Em um HOSPITAL, onde o vírus está mais presente. Meus sentimentos a família dele, mas foi uma péssima atitude de TODOS os participantes do vídeo” desabafou uma internauta sobre o caso.

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar