“Não sei se aguento até amanhã”, disse homem que morreu na fila por UTI no Rio de Janeiro

Ricardo Nascimento de Oliveira começou a ter sintomas da Covid-19 no dia 10 de março e peregrinou por várias unidades de saúde do Rio. Ricardo Nascimento de Oliveira, de 45 anos, vítima da Covid-19, morreu na noite dessa quarta-feira (24/3).

Ele estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Queimados, na Baixada Fluminense, e estava, há pelo menos 6 dias, aguardando uma vaga em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

À TV Globo, a secretaria de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “devido ao seu quadro clínico, não houve possibilidade para transferência”. Dias antes de morrer, Nascimento fez um desabafo para a esposa, Greice Oliveira. Ricardo: “Estou morrendo”

Greice: “Não, para com isso”

Ricardo: “Não sei se aguento até amanhã”

Greice: “Aguenta firme”

Ricardo: “Estou falando sério”Greice: “Pelo amor de Deus”

Ricardo: “Não tenho oxigênio”

Greice: “Respira devagar”

Ele começou a ter sintomas da Covid-19 no dia 10 de março e peregrinou por várias unidades de saúde. Em todas, recebeu prescrição de medicamentos e o mandaram voltar para casa. Mas, na sexta-feira (19/3), Ricardo piorou e estava com falta de ar. Greice o levou para a UPA de Queimados.

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar