Idoso se mexe em saco durante reportagem após Samu constatar óbito

Um caso incomum aconteceu nesta terça-feira (29), em Araguaína, no Tocantins. Durante uma reportagem, uma equipe de jornalismo de uma afiliada da Globo e policiais que atendiam a ocorrência de um suposto ‘acidente fatal’, se assustaram ao perceberem que o saco usado para colocar a vítima, dada como morta pelos agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), começou a se mexer. Segundo o G1, um idoso de 71 anos conduzia uma motocicleta, quando passou mal e acabou caindo na via. O Samu foi acionado e constatou que o homem estava morto. Momentos depois, o idoso começou a se mexer e de imediato, tanto a equipe de comunicação quanto os militares começaram a fazer massagens cardíacas, e levaram o idoso com vida para o hospital.

A prefeitura se manifestou em nota:

A Secretaria da Saúde de Araguaína informa que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) enviou duas unidades, básica e avançada, para atendimento ao idoso. As equipes realizaram procedimentos de ressuscitação e, baseado em avalição técnica, foi constatado o óbito.

Após realizados os procedimentos e a equipe se deslocar, o idoso começou a se mexer e as equipes o encaminharam ao hospital de referência. A secretaria informa ainda que está apurando internamente o prontuário médico do paciente para entender o ocorrido.
G1

Be the first to comment

Seja o primeiro a comentar